Opções do Plano e Orçamento para 2018

 

Este é um orçamento realista e de rigor, de rumo definido, cuidado e que perspetiva a realização dos projetos delineados que vêm sendo concretizados num virar de página, sempre na perspetiva de uma Freguesia com melhores condições de qualidade de vida.

Um orçamento de responsabilidade política, de cumprimento ético e de boa gestão dos dinheiros públicos, que confirma um trabalho com experiência.

Temos as nossas contas equilibradas, não temos dívidas; apesar da conjuntura económica por que passámos e que o anterior executivo soube contornar, utilizando sempre as medidas mais adequadas a cada momento, fruto de um trabalho técnico, político e com base em critérios realistas.

Em relação ao quadro nacional, todos sabemos que o ano que se aproxima não é ainda de molde a perspetivarmos uma atividade económica muito forte, embora venha crescendo e melhorando.

Há acontecimentos externos e os quais não conseguimos antever ou controlar, fruto da economia global e de nova gestão, em que empresas têm vindo a reduzir as suas estruturas, desde logo com cortes, fechos, sempre com o objetivo de reduzir custos e melhorar os seus próprios resultados, nomeadamente com saída de trabalhadores. São acontecimentos, que mesmo alheios a este executivo, tentamos minimizar, ouvindo os intervenientes e sem grandes alaridos, os tenta minimizar sem nunca comprometer o futuro, procurando como objetivo essencial, o bem das nossas populações e que os serviços, alguns, permaneçam na Freguesia.

Algumas das ações que pretendemos concretizar e levar a cabo, tem a colaboração estreita e sempre importante da Câmara Municipal da Mealhada, nomeadamente no futuro do renascimento do Chalé Suíço e da antiga Casa do Sr. Joaquim da Cruz. Só assim poderemos progredir e atrair investimento.

Vamos continuar a lutar para a requalificação do transito na Freguesia em especial na baixa da Pampilhosa e com parque de estacionamento, na melhoria da iluminação pública da Freguesia, conservar e manter os cemitérios dando particular atenção ao do Canedo. Continuar a cimentação de valetas, melhorar a limpeza da Freguesia, esforçar-nos para requalificar a entrada da Pampilhosa desde a rotunda do Barro com passeios, uma vez que o seu levantamento topográfico já se encontra feito. Tudo vamos fazer por ter casas de banho no jardim público da Pampilhosa. Estaremos atentos ao novo mercado da Pampilhosa, bem como à sua zona envolvente.

As iniciativas que este executivo delineou, são para serem mantidas e melhoradas, como a “Pampiarte” e a atividade física sénior. Como não podia deixar de ser, temos as nossas Associações, que são o orgulho da Freguesia e o “Farol da Cultura no Concelho da Mealhada”, que tão bem nos representam, apoiando-as com subsídios, instalações e logística.

Pretendemos promover mecanismos de apoio aos indivíduos e famílias económica e socialmente desfavorecidos; tentando contrariar as tendências demográficas, fomentando a fixação da população na Freguesia, através de apoio à natalidade e simultaneamente promovendo a economia local.

Servir a Freguesia é e sempre será a essência deste executivo, não nos alheando aos seus problemas, mas enfrentamo-los, planeando e resolvendo-os. Essa responsabilidade, obviamente, terá de ser partilhada por todos de forma responsável, nomeadamente na conservação e melhoramento do património da Freguesia.

A quem exerce cargos políticos, exige-se ética, rigor, bom senso, ponderação, humildade, objetividade e compromisso na resolução dos problemas da Freguesia.

 

Pampilhosa, 5 de Dezembro de 2017

 

                                                           O EXECUTIVO