Casa Rural Quinhentista

Casa Rural QuinhentistaCasa rural do século XVI, situada na parte alta da Pampilhosa, com escadaria exterior, balcão-varanda sobre pilares de pedra, sendo o celeiro que lhe é anexo de construção posterior. Possui vários compartimentos, uma enorme cozinha com chaminé e seus poiais de pedra ao gosto rústico e anexos correspondentes a uma casa de lavoura.

 

O celeiro anexo pertencia às freiras do Mosteiro de Lorvão, onde elas recebiam e arrecadavam as rendas dos foros, pagas em géneros. Quando pelo decreto de 30-05-1834 de Joaquim António Aguiar foram extintos os conventos e vendidos os seus bens, passou o celeiro para a Casa Melo. Assim, ampliou a Casa Melo as suas arrecadações, como a «casa das pias» que lembra a abastança com que esta família vivia, pois se considerava a casa que mais azeite colhia entre o Vouga e o Mondego.

Foi declarada imóvel de interesse Concelhio em sessão de 21-10-1980 da Câmara Municipal de Mealhada, tendo sido solicitada a respectiva classificação ao Instituto Português do património Cultural.

 

Textos tirados de: «Pampilhosa Uma Terra e Um Povo», revista nº - autora - Maria das Dores Sousa Cristina